Fanzine de Bits

Menu
Quadrinhos

0028capa

Nunca pensei um dia dizer que a morte pode ser engraçada, e é mesmo, mas espera, não estou falando do fim da vida não, to falando deste ótimo gibi lançado por Gustavo Borges nesta bela coletânea de tiras que é a A entediante vida de Morte Crens. Nas palavras do próprio autor:

“A entediante vida de Morte Crens” leva o leitor a conhecer a morte de perto. Um universo caótico nos limiares da vida. Onde Morte Crens, fadado em seu trabalho sem fim, crítico, mal-humorado, sarcástico e comicamente trágico, diverte cada tira com seu ponto de vista sobre a vida, nos cativando com a sua “entediante” existência.

111

Agora, na minha interpretação, esta é uma obra fantástica, com muita qualidade, detalhes e uma continuidade gostosa, tão boa de ler que terminei entre virar uma página e outra, nem percebi, só notei que era o final quando comecei a ver as ilustrações por outros autores, que achei uma ideia muito boa também.

WP_20141116_006A morte aqui se chama Crens e entre uma tira e outra ela tenta se mostrar durona, até com a vida, mas nem sempre consegue esconder toda a sua pureza, e isso que é legal, você acaba percebendo que a morte é cheia de vida, irônico, não é?

Eu recomendo esta leitura, mas vá com calma, pra não se deixar distrair pelo ótimo traço do autor, tem tira ali que eu pensei que fosse até um quadro, principalmente quando a Vida aparece, o Gustavo tá de parabéns.

Você precisa conhecer este trabalho, se é que já não conhece, o blog do autor é este mortecrens.blogspot.com.br, o meu exemplar eu comprei no Brasil Comic Con 2014, e “matei” a morte em menos de um dia, agora espero encontrar o Gustavo no Comic Con Experience pra comprar lá o novo Edgar.

Tags:

Comentários